A Anvisa é a prova de que a cultura do medo é a maior inimiga da eficiência

 

30/07/15 09:29 AM

 

 

 

Os usuários dos portos, embarcadores, exportadores e importadores, assim com seus principais prestadores de serviços, Despachantes Aduaneiros e transportadores rodoviários, precisam deixar o medo de lado e enfrentar os responsáveis pelas ineficiências logísticas do nosso comércio exterior. À medida que agem com medo de supostas retaliações, estão se omitindo e, com efeito, mesmo que sem querer, contribuindo para o aumento da ineficiência. O efeito é justamente o contrário do que se espera e a situação da ANVISA no Estado do Rio de Janeiro é a maior prova disso.

 

Leia também

 

Ricardo Boechat fala sobre o colapso da Anvisa no Estado do Rio. Agência mentiu aos jornalistas

MPF recebe denúncia contra o chefe da Anvisa no Rio de Janeiro

Proibição de contato direto com servidores da ANVISA é mais um absurdo

Sobre a reunião da Usuport-RJ com a diretoria da Anvisa

 

Vamos pegar o caso da recente denúncia feita pela USUPORT-RJ ao Ministério Público Federal (MPF). A Associação não agiu desrespeitosamente. Pelo contrário, ela apenas resolveu romper a cultura do medo da retaliação e lutar para que a ANVISA atenda aos usuários de forma eficiente. Já a agência, vem, há muito tempo, desrespeitando usuários importadores e exportadores, assim como os cidadãos consumidores que pagam a conta nas prateleiras dos supermercados, farmácias e comércios. Então, alinhando a situação e não invertendo valores, pode ser afirmado com segurança que desrespeitosa é a ANVISA.

 

A USUPORT-RJ nutre profundo respeito e sempre apoiará os bons servidores públicos que, inegavelmente, compõem a imensa maioria da categoria. Porém, com todas as suas forças e amparada pela lei, a Associação repudia um pequenino grupo de maus servidores, uma minoria que faz corpo mole, que causa prejuízos, que se aproveita do poder de autoridade que a sociedade lhe deu para atrapalhar e prejudicar empresas, espezinhar trabalhadores e ignorar os cidadãos consumidores, como se fossem os todos poderosos, quando, na verdade, não são.  Mencione-se ainda que essa minoria de maus servidores adora servir a si e aos interesses de seus partidos políticos nessa vergonhosa farra de distribuição de cargos.

 

A USUPORT-RJ apenas está agindo sem medo, porque, se a agência ou algum mau servidor tiver a ousadia de retaliar uma das empresas associadas, ou qualquer outra, além da judicialização do caso, com a devida cobrança de perdas e danos em face da União, a Associação entrará com queixa-crime e exigirá que todas as sanções legais cabíveis sejam aplicadas contra quem cometeu tal ato.  Podemos não estar no primeiro mundo, mas não estamos em uma terra sem leis. O MPF, por exemplo, age dentro da lei e é uma instituição independente. A Lava-Jato é uma prova viva disso.

 

O medo de supostas retaliações não faz o menor sentido. Os usuários dos portos e seus prestadores não podem ser reféns de algo que não tem a menor chance de prosperar. A Associação dialoga com pessoas e instituições públicas e/ou privadas que estejam trabalhando pela eficiência, pelo interesse público, pelo crescimento do país.  Não existe Agenda Positiva que faça a USUPORT-RJ perder o rumo de seus objetivos. A Associação conta com o apoio de muitas pessoas e conquistou o mais importante, que é a credibilidade.  

 

E é pela credibilidade conquistada, que a USUPORT-RJ afirma aos usuários exportadores e importadores que é necessário ter foco e unir esforços para que a situação de colapso da ANVISA-RJ seja superada, de forma que a autarquia, finalmente, trabalhe com respeito às empresas e aos cidadãos. Não é o momento de criar desgastes com seus Despachantes Aduaneiros e cobrar o impossível, porque a culpa da demora não é deles e não existe um profissional sequer, ou uma comissária que, agindo com ética, esteja conseguindo deferir suas licenças de importação com rapidez. Absolutamente todos estão passando pelo mesmo problema. A ANVISA está trabalhando com ordem cronológica de recebimento dos processos, sem gestão e sem governança, simplesmente, dando uma “banana” para os usuários e cidadãos.  

 

Não existem despachantes mágicos que conduzirão os usuários ao paraíso. Existem sim, como temos recebido diversos relatos, pessoas oportunistas que estão se valendo da crise econômica que o país atravessa e do desespero de alguns exportadores e importadores para tentar levar vantagens afirmando que possuem supostos contatos e supostos esquemas dentro da ANVISA. São pessoas sem ética e, portanto, todo cuidado é pouco, porque elas podem prejudicar ainda mais quem acompanhá-las. Caso essas denúncias se confirmarem, a competente queixa-crime será feita.  É bom que os oportunistas de plantão fiquem cientes de que a USUPORT-RJ está atenta e investigando algumas denuncias para, literalmente, colocar a boca no trombone, “ dando nomes aos bois”.

 

Se o processo estiver demorando na fila, não mudem de prestadores nesse momento, pois eles estão sendo parceiros dos usuários. Não usem portos de outros Estados, procurem os nossos terminais, negociem tarifas. A USUPORT-RJ tem certeza de que uma boa solução será dada por eles pela Libra, MultiRio e Sepetiba Tecon.  Estamos em um momento de união de esforços para tornar a ANVISA eficiente. Os usuários precisam agir em bloco e não tomar atitudes individualistas, pensando apenas no próprio resultado. Estamos diante de uma situação em que todos ganharão, ou todos perderão.

 

Enfim, não tenham medo de supostas retaliações, pois foi isso que contribuiu para tornar a ANVISA-RJ essa verdadeira porcaria que hoje se apresenta, capaz apenas de produzir prejuízos. Conversem com as suas associações, entidades de classes, ou grupos.  A USUPORT-RJ propõe uma união de esforços neste momento. Ao lado dos usuários estão o MPF e a justiça.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

André de Seixas

Criador e Editor do Site dos Usuários dos Portos do Rio de Janeiro

E-mail: uprj@uprj.com.br

 

O texto acima reflete a opinião do autor e do UPRJ

 

 

 

 

 

   

®  UPRJ - SITE DOS USUÁRIOS DOS PORTOS DO RIO DE JANEIRO. Todos os direitos reservados           Site e logomarcas desenvolvidos por André de Seixas