Áudio: Ricardo Boechat detona Cunha e Piccianis pelo aparelhamento da Docas do Rio

 

25/05/15 05:11 AM

 

No dia 21/05, o Jornalista Ricardo Boechat, em seu programa matinal pela rádio BandNews FM, em rede nacional, expos a verdade e detonou os Deputados Federais Eduardo Cunha e Leonardo Picciani do PMDB pelo fato de exigirem o cargo de Diretor-presidente da Companhia Docas do Rio de Janeiro (CDRJ) em troca da aprovação do Ajuste Fiscal, a famosa fatura da ideologia política brasileira.

 

Concordamos com tudo que o Boechat falou e assinamos embaixo. Afinal de contas, o que os Deputados querem com a nomeação do Diretor-presidente da CDRJ? Tornar a Autoridade Portuária mais eficiente? Sanear os milhares de problemas que outros políticos deixaram na companhia? Melhorar algo? É claro que não! É evidente que o que eles querem é controlar preços, licitações, arrendamentos, cessões de usos temporários, e mais o que puderem sugar a companhia.

 

 

Leia também

Heranças malditas de políticos fazem Docas do Rio perder alfandegamento

PMDB quer a Docas do Rio de qualquer maneira. Não emplacou o filho, agora vem o pai

Usuport-RJ se reunirá com o TCU para tratar do aparelhamento da Docas do Rio

Dança das cadeiras na Docas do Rio de Janeiro

Políticos e seus apadrinhados não encontrarão potes de ouro na Docas do Rio

 

Cabe destacar também, que o apadrinhado político (sanguessuga) que assumirá o posto de chefe maior da Autoridade Portuária do Rio de Janeiro, com o poder que a Lei lhe dará, poderá, facilmente, através de coação, extorquir empresas privadas (terminais, operadores, transportadoras, empresas de apoio portuário e marítimo, usuários, etc.) com a finalidade de buscar contribuições de campanhas, para que possa ser alimentada a máquina das eleições municipais de 2016. 

 

 

Como o Boechat colocou muito bem, eles estão apenas de olho na “bufunfa” e, lamentavelmente, quem pagará todo esse “sururu na zona” serão os players do porto, principalmente, os usuários que sempre suportam o peso da ineficiência. No final das contas, a sociedade pagará, porque o que mais existe na atividade portuária é interesse público.

 

Temos um Ministro dos Portos que sempre prega em seus discursos a eficiência. Resta saber, se ele agirá como Ministro, ou como político, se usará o cérebro, ou o fígado para decidir. Esperamos que o Ministro se preocupe com a CDRJ, que está em péssima situação financeira, e não dê uma “banana” para os nossos portos, porque os deputados do seu partido não estão nem aí para a companhia e para os players.

 

Não queremos mais políticos fatiando e aparelhando a CDRJ. Eles já fizeram estragos suficientes na companhia nas últimas décadas. Estamos defendendo a Autoridade Portuária, a empresa, seus funcionários, todos os players dos portos e, principalmente, a sociedade.

 

 

André de Seixas

Criador e Editor do Site dos Usuários dos Portos do Rio de Janeiro

E-mail: uprj@uprj.com.br

 

O texto acima reflete a opinião do autor e do UPRJ

 

 

   

®  UPRJ - SITE DOS USUÁRIOS DOS PORTOS DO RIO DE JANEIRO. Todos os direitos reservados           Site e logomarcas desenvolvidos por André de Seixas